Como economizar energia em uma fábrica/indústria?

O Brasil está entre os 10 países do mundo que mais consomem energia elétrica

A tarifa média de consumo de energia elétrica industrial, consolidada com base em dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), para 64 distribuidoras, referentes às 27 unidades da federação, é de R$ 329/MWh, com variações de até 63% entre os Estados, resultando em diferentes custos de produção, distribuição e transmissão, além do peso dos encargos setoriais e dos tributos

O setor industrial, é hoje o maior consumidor de energia no Brasil, E devido a escassez dos recursos hídricos e consequentemente o aumento do custo de fornecimento de energia, faz com que as concessionárias cobrem tarifas na bandeira Vermelha, que alinhado ao funcionamento de muitos equipamentos no horário de pico, elevam muito o valor das contas de energia.

Obter processos de produção eficientes, isto é, produzir o máximo de bens e produtos com o menor consumo de energia elétrica, tornou-se essencial e primordial para qualquer tipo de indústria.

Deve-se levar em consideração:

  • Índices de confiabilidade/quebra de equipamentos e máquinas;
  • Índices de produção;
  • Custos de manutenções preventivas, corretivas, e sua periodicidade.

Quando falta energia elétrica, sua indústria para de produzir e acaba sofrendo perdas de produção, atrasos de prazos, comprometimento de metas e consequentemente prejuízos financeiros.

Sua principal máquina parada em pleno horário de funcionamento da sua fábrica, gera prejuízo de qual valor em dinheiro para sua empresa em uma hora sem funcionamento? Agora multiplica pela quantidade de horas que pode ficar sem funcionar dependendo do problema que causou a falta de energia. Entendeu a importância de ter um Grupo Gerador de Energia?

A solução que mais tem contribuído para economia energéticas das fábricas no Brasil é a utilização de Grupos Geradores de Energia. Para saber como escolher a melhor opção para sua fábrica/indústria Clique aqui.